As formações podem ser diversas, de acordo com o programa escolhido, sendo a mais usual o quarteto de cordas constituído por dois violinos, uma viola e um violoncelo. Outras formações podem também incluir uma flauta transversal, um clarinete e um fagote.

Os programas propostos são criados de raiz pela Clave de Soft tendo em conta o público-alvo. Canções como “A machadinha”, “Atirei o pau ao gato” ou “Oliveira da serra” são executadas pelos músicos à medida que os próprios vão desmontando as obras interpretadas, comentando os diferentes aspectos que lhes são inerentes (forma, dinâmica, instrumento solista, etc.). Cria-se assim uma interacção bastante enriquecedora que estimula os sentidos e a curiosidade das crianças e jovens.


Deixamos a seguir alguns exemplos interpretados por uma formação de flauta, violino, fagote e violoncelo, para realizar num período de 1h. Poderá escutar as obras propostas clicando no seu nome.

CONCERTOS

DIDÁTICOS

Numa óptica de sensibilização e formação de jovens públicos para o universo da música erudita, a Clave de Soft oferece um conjunto de ateliês de música de câmara orientados por profissionais de orquestra que se deslocam à Instituição Educativa para apresentar um programa elaborado para esse fim.

  • Indo eu
  • -
  • Tradicional Infantil
00:00 / 00:00
  • Josezito
  • -
  • Tradicional Infantil
00:00 / 00:00
  • Os olhos da Marianita
  • -
  • Tradicional Infantil
00:00 / 00:00
  • Atirei o pau ao gato
  • -
  • Tradicional Infantil
00:00 / 00:00